© 2019 Comunidade Bahá'í de Portugal 

  • s-facebook
Qual o propósito da religião?

 

Através dos Mensageiros Divinos, Deus revela as Suas leis e ensinamentos para a humanidade. Com estes ensinamentos, a alma individual pode aproximar-se d’Ele e a sociedade pode progredir espiritual e materialmente. Ao longo da história, as revelações dos Mensageiros de Deus têm renovado a religião para que a humanidade compreenda a Sua vontade e avance para novas etapas do seu desenvolvimento.

Como é que Deus se revela à humanidade?

 

Ao longo da história, Deus revelou-Se através de uma sequência de Mensageiros Divinos, cujos ensinamentos morais, espirituais e sociais, renovaram a relação do homem com Deus e forneceram a base para o progresso da sociedade humana. Entre estes mensageiros encontram-se Abraão, Krishna, Zoroastro, Moisés, Buda, Jesus, Maomé, o Báb e Bahá'u'lláh, bem como outros cujos nomes se perderam ou se esqueceram ao longo do tempo. Esta sucessão de Mensageiros Divinos reflete o plano de Deus para educar continuamente a humanidade. Bahá'u'lláh é o mais recente mensageiro divino, mas não será o último.

O que diz a Fé Bahá’í sobre a alma?

 

A identidade fundamental de cada pessoa é uma alma racional e imortal. Embora a nossa existência sobre a terra dependa dos nossos corpos físicos, a natureza humana é essencialmente espiritual.

P1

P2

P3

Qual é o Propósito da Vida?

 

O objetivo da existência humana é fundamentalmente espiritual: desenvolver o nosso potencial espiritual e intelectual para conhecer e adorar a Deus e, assim, contribuir para uma civilização em contínuo progresso.

P4

O que acontece quando morremos?

 

Após a separação do corpo físico, a alma entra num mundo de existência espiritual em que se aproxima de Deus. A facilidade do seu progresso depende da preparação que fez durante a vida material e da resposta que deu aos ensinamentos dos Mensageiros de Deus.

P5

Ensinamentos

 

 

6604.jpg
Photo 29-06-2011 16 06 18.jpg
name.jpg
IMG_20140330_111943.jpeg
Photo 12-09-2012 15 55 39.jpg
6604.jpg
Photo 29-06-2011 16 06 18.jpg
name.jpg
IMG_20140330_111943.jpeg
Photo 12-09-2012 15 55 39.jpg
Na Fé Bahá’í acredita-se no Céu e no Inferno?

 

Para a Fé Bahá’í, os conceitos de Céu e de Inferno são simbólicos e descrevem a proximidade e o afastamento em relação a Deus. A nossa experiência de vida condiciona a facilidade de evolução após a morte. Céu e inferno não são lugares físicos, mas realidades espirituais.

P9

Como se entende a oração na Fé Bahá’í?

 

Qualquer pessoa pode comungar com Deus através da oração e receber orientação através do estudo da Palavra Divina. As Escrituras Bahá'ís possuem orações para uma vasta gama de propósitos e ocasiões, além de algumas orações diárias obrigatórias. Além disso, acredita-se que o trabalho realizado em espírito de serviço é adoração. Assim, juntamente com o serviço ativo, jejum, meditação e obediência às leis espirituais e morais, a oração é parte essencial do nosso desenvolvimento espiritual e permite-nos aproximarmo-nos de Deus.

P8

Qual a relação entre a Fé Bahá’í e o Islão?

 

O Fundador da Fé Bahá'í, Bahá'u'lláh, nasceu numa família muçulmana, que vivia numa sociedade muçulmana. Assim, tal como o Cristianismo surgiu no meio do Judaísmo, tal como o Budismo apareceu no meio do Hinduísmo, a Fé Bahá'í nasceu num contexto islâmico. No entanto, tal como o Cristianismo e o Budismo, a Fé Bahá'í é uma religião independente, com as suas leis próprias, ensinamentos e instituições.

P7

Existe apenas uma religião verdadeira?

 

Todas as grandes religiões mundiais têm uma base comum e fazem parte de um processo de revelação divina contínua. Estas religiões têm a mesma origem e o mesmo objetivo essencial para orientar e educar a raça humana. A sua essência espiritual é a mesma; apenas diferem em aspetos secundários, como sejam os seus ensinamentos sociais, que mudam consoante as necessidades dos povos a quem são reveladas.

P6