Oração: uma experiência pessoal

Quando abro os olhos de manhã, digo: “Alláh’u'Abhá (Deus é o mais glorioso) e depois recito uma oração: "Acordei abrigada por Ti, ó meu Deus!. . ." Eu faço isso porque, desde que me tornei bahá'í, há muitas décadas atrás, passei a entender cada vez melhor a importância de viver uma vida de oração e gratidão, de pedir orientação e proteção à medida que vivo o meu dia-a-dia. Essa orientação espiritual é crucial para alguém viver a fé - para tentar aplicar os ensinamentos e princípios espirituais na nossa vida pessoal. No entanto, aprendi que essa atitude devocional tem um efeito ainda maior quando praticada coletivamente em grupo ou em comunidade. Para os bahá'ís, a oração é uma conversa com D

Idade do armário, não, idade da TRANSFORMAÇÃO

Durante 5 dias, no passado mês de Julho, cerca de 35 jovens dos 11 aos 15 anos, de todo o país, estiveram reunidos em Monchique, no Algarve, para descobrir e aperfeiçoar as suas capacidades de transformação pessoal e de serviço à humanidade. Pelo caminho, fizeram-se artes, jogos, desporto e muitas novas amizades. O lema do acampamento foi “Heroísmo”, e a iniciativa surgiu como um reflexo do foco continuado da comunidade Bahá’í na faixa etária dos chamados pré-jovens (12-15 anos). Embora muitas vezes considerada uma idade difícil ou de rebeldia, popularmente referida como a “idade do armário”, a comunidade Bahá’í vê nos pré-jovens um reservatório de energia e potencial para a transformação in

Notícias Selecionadas
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2020 Comunidade Bahá'í de Portugal 

  • s-facebook