CINCO ANOS JÁ É DEMASIADO

Durante cinco anos, sete líderes bahá'ís têm estado, injustamente, presos no Irão.

As suas sentenças de 20 anos são as mais longas dadas, atualmente, a quaisquer prisioneiros de consciência, no Irão. A sua dureza reflete a determinação do governo em banir completamente a comunidade bahá'í iraniana, que enfrenta uma perseguição sistemática "desde o berço até ao túmulo", que está entre os exemplos mais graves de perseguição religiosa, levada a efeito por um governo, no mundo de hoje.

A sua história é semelhante ao que está acontecendo com os outros cerca de 100 bahá'ís, agora presos no Irão - e a centenas de outros prisioneiros de consciência, inocentes, que foram encarcerados simplesmente por exercerem os seus direitos humanos, internacionalmente reconhecidos.

As comunidades bahá'ís em todo o mundo lançaram uma campanha de chamada de atenção, para a libertação imediata destas sete pessoas que, neste mês de Maio, completam cinco anos de prisão.

Esperamos que as pessoas de boa consciência em todo o mundo levantem as suas vozes em apoio a esta chamada e exortem o Governo iraniano a viver de acordo com as suas obrigações internacionais de direitos humanos.

Notícias Selecionadas
Últimas Notícias
Arquivo
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2020 Comunidade Bahá'í de Portugal 

  • s-facebook